segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Torcicolo

Ontem a Beatriz deu um jeito a dormir e acordou com um torcicolo. Foi uma manhã terrível pois cada vez que se mexia, doia-lhe e chorava. Foi horroroso e eu com vontade de chorar com ela. Como é que se explica a uma criança de 33 meses que tem de parar de mexer a cabeça para não lhe doer e para olhar para os lados tem de se virar toda, não foi fácil, porque não se habituava, porque se esquecia, porque, como tinha medo de voltar a sentir a dor, não se mexia, não saia do sofá, mas fartava-se de estar sentada, então deitava-se e magoava-se e chorava, porque tinha de fazer xixi, mas para se sentar no sitio correcto tinha de olhar, pois não queria ajuda, e se olhava doia-lhe e chorava, porque tinha fome, e mesmo a torrada aparada que fui buscar, provocava-lhe dores ao dar as dentadas e chorava, tive de lhe dar pedacinhos à boca. Na farmácia não receitam nada, a única solução é usar daqueles colares horrorosos que não permite que se movimente a cabeça, mas só se vende nas lojas de ortopédia, e a um domingo onde se encontra uma aberta? A solução foi mesmo explicar-lhe que não podia rodar só a cabeça e exempleficarmos, e há hora de almoço já se tinha habituado, já rodava o corpinho todo quando queria olhar para o lado ou então, se era para ver uma coisa mais perto, limitava-se a mexer os olhinhos.
Hoje ainda não roda completamente a cabeça mas esta praticamente bem.

6 comentários:

Nina disse...

Coitadinha. Imagino o sofrimento.
Jokinhas,

Mafalda S. disse...

Oh... coitadinha. Deves ter ficado com o coração bem pequenino ao vê-la assim.
Desejo as rápidas melhoras.
Beijinhos

SONHADOR disse...

Tadita.
Espero que esteja melhor.

Beijos.

Charlotte disse...

Coitadinha, nem quero imaginar... As melhoras!

Ana Guedes Nunes disse...

Coitadinha da Bea! Eu sei bem o que é isso....tive 1 pela primeira vez nem há 1 mês...é horrível, então para elas que são pequeninas ainda pior!
Espero que já esteja melhor, beijocas!

Mamã da Caroxinha disse...

Tadinha...que aflição vê-la assim... Podiam ter-lhe dado alguma pomada para as dores na farmácia não?
Felizmente já passou!
Bjocas